-
Fábio | presidente

CIRCULAR 002/2023 - PISO ENFERMAGEM

  • SITESSCH - Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e região -
Postado em 24 de Novembro de 2015 às 14h34

SAMU

Na surdina, governo de Santa Catarina aprova projeto de centralização do Samu

SITESSCH - Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e região Na surdina, governo de Santa Catarina aprova projeto de centralização do Samu     Não adiantou a paralisação dos...

    Não adiantou a paralisação dos trabalhadores do Serviço de Atendimento Médico de Urgência - SAMU. Não adiantou uma audiência pública na Alesc com pessoas gabaritadas a falar pelo SAMU e rejeitar o projeto do governo. A proposta de centralização da regulação em Florianópolis foi aprovada em reunião da Comissão Intergestores Bipartite. Foi aprovada sem muito alarde, como costumam ser as atitudes daqueles que sabem que estão cometendo um erro contra a saúde de milhares de catarinenses.

    “É um retrocesso total. Vai diminuir o número de 40 para 25 linhas, desempregando mais de 300 trabalhadores em todo o Estado e aumentando o tempo de resposta para o cidadão, o que pode resultar em morte em muitos casos”, alerta o presidente da Federação dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Santa Catarina -FETESSESC, Cleber Ricardo da Silva Cândido.
 
    Segundo o projeto do governo, as oito centrais distribuídas atualmente pelo território catarinense vão ser concentradas em apenas uma, em Florianópolis. Com a justificativa de cortar gastos, o governo ignorou as vozes que operam o sistema e especialistas que participaram da implantação do SAMU em Santa Catarina, como é o caso do César Augusto Nitschke. O presidente da FETESSESC lamentou a decisão.

    “Vamos reunir sindicatos da Saúde e debater esta pauta. A gente sabe, através de conversa com membros da CIB, que o próximo passo do governo é passar para o Corpo de Bombeiros a responsabilidade de atendimento de emergência, o que diminuiria ainda mais a qualidade no atendimento, principalmente aos pacientes clínicos”, ressalta Cleber. De acordo com o governo, a implantação do novo sistema será feita em 2016. (Fonte: FETESSESC)

Veja também

Transição SAMU08/01/18Diretoria do SITESSCH reúne trabalhadores do SAMU para repassar orientações A reunião com trabalhadores do SAMU de Chapecó ocorreu na noite de quarta-feira (03/01) no auditório do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e Região (SITESSCH). O repasse de informações e orientações acerca da transição administrativa do SAMU foi coordenada pela presidenta do......
SAMU E BOMBEIROS JUNTOS?14/03/18Deputados divergem sobre central única para atendimentos no SAMU e Bombeiros A informação consta no site da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC). De acordo com o governo do Estado as adaptações nos quartéis dos Bombeiros já estão sendo providenciadas.  A......
Mais uma decisão judicial em favor do trabalhador03/04/14 A dirigente sindical e trabalhadora do Hospital Unimed, de Chapecó, Delvina Vedovatto de Souza garantiu o retorno ao trabalho depois de 1 ano e meio afastada pelo empregador por acusação de Falta grave. Com total apoio da diretoria do......

Voltar para Notícias

Uso de Cookies

Nós utilizamos cookies com o objetivo de oferecer a melhor experiência no uso do nosso site. Ao continuar sua navegação, você concorda com os nossos Termos de Uso.