-
Fábio | presidente

CIRCULAR 002/2023 - PISO ENFERMAGEM

  • SITESSCH - Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e região -
Postado em 17 de Janeiro de 2018 às 09h05

Janeiro Branco

Campanha mundial alerta sobre saúde mental

SITESSCH - Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e região Campanha mundial alerta sobre saúde mental A Campanha Janeiro Branco é dedicada a colocar os temas da saúde mental em máxima...

A Campanha Janeiro Branco é dedicada a colocar os temas da saúde mental em máxima evidência no mundo em nome da prevenção ao adoecimento emocional da humanidade. A ação é dedicada a sensibilizar as mídias, as instituições sociais, públicas e privadas, e os poderes constituídos em relação à importância de projetos estratégicos e políticas públicas empenhadas em valorizar e em atender as demandas individuais e coletivas, direta ou indiretamente, relacionadas aos universos da saúde mental. Um dos objetivos do Janeiro Branco, que tem como tema esse ano “Quem cuida da mente, cuida da vida”, é chamar a atenção de todo o mundo para os temas da saúde mental e da saúde emocional nas vidas das pessoas.



Quando se fala em saúde mental, muitos relacionam à ausência de doenças, como depressão, ansiedade, bipolaridade etc. A Organização Mundial da Saúde - OMS, entretanto, conceitua saúde como um completo estado de bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doenças ou demais enfermidades.

A CNTS tem grande preocupação com a saúde mental e o bem-estar dos trabalhadores da saúde que estão expostos a diferentes fatores de estresse que afetam seu bem-estar, como por exemplo, a longa jornada de trabalho, a falta de reconhecimento profissional, a alta exposição a riscos, bem como o contato direto com o sofrimento, a dor, hostilidade e, não raras as vezes, a morte. O resultado dessa soma de fatores gera estresse, a depressão e pode levar à Síndrome de Burnout, uma doença ocupacional classificada como transtorno mental. O tema da campanha consta na cartilha sobre doenças ocupacionais, editada pela Confederação, com informações sobre acidentes de trabalho, normas que protejam o trabalhador e como prevenir acidentes. “A OIT estima que cerca de 4% do PIB anual do mundo – cerca de U$$ 1,25 trilhão – sejam perdidos em gastos diretos e indiretos provenientes de acidentes e doenças profissionais, em indenizações pagas aos trabalhadores, interrupção de produção e gastos médicos”.

A campanha Janeiro Branco foi proposta pelo psicólogo Leonardo Abrahão com outros psicólogos de Minas Gerais, em 2013, e tem como objetivo tornar janeiro o mês oficial para pensar e promover ações em prol da saúde mental, assim como já ocorre com o Setembro Amarelo – para prevenção do suicídio; Outubro Rosa – combate ao câncer de mama; e Novembro Azul – combate ao câncer de próstata. O mês de janeiro foi escolhido pelo fato de as pessoas repensarem suas vidas, planos e sonhos a cada ano novo, então o primeiro mês é o marco inicial. A cor branca foi escolhida pelo fato de ser a junção de todas as cores, remetendo à ideia de que o indivíduo para ter saúde mental precisa estar em harmonia em todas as áreas de sua vida. Além da junção das cores, o branco é a cor sobre a qual podemos jogar outras cores e colorir à nossa maneira, remetendo à ideia de que é possível "pintar" a vida de diferentes formas.

(CNTS - Com Janeiro Branco) 

Veja também

SITESSCH FECHA CONVENÇÃO11/05/15SITESSCH fecha convenção e garante índices diferenciados em alguns hospitais    Após uma negociação exaustiva entre a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e Região – SITESSCH e o sindicato patronal, a diretoria do SITESSCH garantiu a reposição de 8,42% para todos os trabalhadores e trabalhadoras, o piso estadual de R$ 1.042,00 e a renovação das......
CNTS04/03/19CNTS defende pautas prioritárias com o governo Em reunião com o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, foram tratados temas como jornada de trabalho, aposentadoria especial e segurança dos......
Marcha dos Catarinenses repudia políticas adotadas pelo governo do estado16/04/14 Começou cedo, vieram de longe e aos poucos foram dando um tom vermelho para a Praça Miramar, local histórico do Centro de Florianópolis, de onde partiu a 5º Marcha dos Catarinenses. Trabalhadores e trabalhadoras, do campo e da......

Voltar para Notícias

Uso de Cookies

Nós utilizamos cookies com o objetivo de oferecer a melhor experiência no uso do nosso site. Ao continuar sua navegação, você concorda com os nossos Termos de Uso.