-
Fábio | presidente

CIRCULAR 002/2023 - PISO ENFERMAGEM

  • SITESSCH - Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e região -
Postado em 21 de Agosto de 2014 às 15h01

Curso OLT

Trabalhadores de Chapecó participam de formação sobre organização de locais de trabalho

SITESSCH - Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e região Trabalhadores de Chapecó participam de formação sobre organização de locais de trabalho Nos dias 12 e 13 de agosto, dirigentes sindicais e...

Nos dias 12 e 13 de agosto, dirigentes sindicais e trabalhadores da área de saúde da região de Chapecó participaram de um curso sobre organização de locais de trabalho, realizado com o apoio da Fetessesc. A formação aconteceu na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e Região (Sitessch).

A abertura ocorreu na noite de terça-feira (12) com a palestra sobre o Plebiscito Popular por uma nova Constituinte, ministrado pela dirigente Rosangela Dal Bosco, do sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região (Sitespm-CHR).

Na quarta-feira, o palestrante foi Cícero Amâncio do Nascimento, formador da CUT e dirigente do sindicato metalúrgico de Joinville. Ele propôs uma dinâmica de grupo no início e falou sobre Organização por Locais de Trabalho (OLT), focando nas melhores possibilidades de articular os trabalhadores para melhor compor o ambiente, a sociedade e a busca por direitos. “Organizar um local de trabalho visa democratizar os direitos laborais observando a realidade, especificidade, respeitando a cultura, as situações, condições do espaço de trabalho e dos trabalhadores”, sintetizou Amâncio.

Durante a tarde, houve trabalhos em grupo, exposições e debates, que foram muito bem aceitos pelos participantes. “É o primeiro curso que participo. Ampliamos o conhecimento e entendemos mais a organização sindical, assim conseguimos esclarecer dúvidas e repassar para os colegas. A formação é importante para que possamos argumentar com os colegas e as pessoas ao nosso redor”, afirmou um dos trabalhadores participantes.

Outro trabalhador também destacou a necessidade de estudar para prosseguir o trabalho sindical. “A participação é importante para que tenhamos consciência de como atuar. Para assumir algo na entidade sindical, primeiro precisamos aprender”, refletiu.

A dirigente Lilian enfatizou a necessidade de os líderes sindicais se manterem atualizados. “Estou há alguns anos no movimento sindical e sempre há algo novo para aprender. Sempre pensamos que sabemos de tudo, mas sempre há coisas novas para aprimorar”, afirmou.

Veja também

PROFISSIONAIS DA SAÚDE30/08/18Rendimento dos profissionais de saúde fica estável no 2o trimestre do ano De acordo com o Diesse, o rendimento médio atingiu R$ 2.921, com alta nas regiões Sudeste e Sul, mas com queda no Centro-oeste, Nordeste e Norte O rendimento médio real dos profissionais de saúde, celetistas do setor privado, ficou praticamente estável no 2º trimestre de 2018, quando comparado com o mesmo período do ano passado – 1,6%, segundo levantamento do......
49822829/06/22
ATENÇÃO!06/10/23 De 9 a 13 de outubro...

Voltar para Notícias

Uso de Cookies

Nós utilizamos cookies com o objetivo de oferecer a melhor experiência no uso do nosso site. Ao continuar sua navegação, você concorda com os nossos Termos de Uso.